WAN Awards 2012: “Los Españoles” é candidato ao prêmio de reutilização adaptativa

O novo projeto do hotel Los Españoles, em Santiago no Chile, consistiu no resgate e restauração do edifício antigo e a construção de um edifício novo próximo ao original com uma unidade conectando os dois prédios, tornando-os um só.

Sua construção inovadora tornou a obra candidata ao prêmio de reutilização adaptativa do World Architecture News Awards 2012.

O desafio principal foi adaptar o prédio antigo, que é uma estrutura rígida com paredes e lajes sem espaço para sistemas climáticos por tetos falsos. Devido a isso, era possível ver as caixas climáticas penduradas nas janelas de cada quarto sem nenhum senso estético.

A equipe decidiu proteger essas caixas colocando-as dentro de uma caixa maior com o mesmo acabamento usado pelo novo edifício. Esta, além de esconder as caixas climáticas, também serve de estrutura de suporte para treliças de madeira, protegendo do Sol e isolando da avenida onde o hotel se localiza.

Para o segundo edifício, como os regulamentos da área só permitiam uma unidade com altura máxima de 14 metros, os arquitetos optaram pela mesma solução. A construção do novo prédio resultou em uma edificação de 5 andares de 2,6 metros de altura interior livres e um andar adicional com 6 quartos.

Como o novo edifício possui uma altura interior maior entre os andares comparado ao prédio antigo (2,3 metros), uma única passagem (além da passagem no térreo) foi feita entre as unidades no terceiro andar para a ligação entre os edifícios. Essa passagem conecta as duas unidades em um declive, criando uma ponte inclinada.

Na unidade conectora há um hall de entrada de quatro níveis que formam sacadas para a circulação de ambos os prédios. O prédio antigo virou o salão de jantar e no novo prédio ficaram as salas de estar, os bares e as salas de reunião e conferência. Nos andares intermediários das duas unidades ficam os quartos, e no andar superior a academia, sauna, salões de relaxamento, piscina e o terraço com vista para a cidade, a Cordilheira dos Andes e as colinas ao norte.

Artigo traduzido e adaptado de WorldArchitectureNews.com